Revista Literária CNSA

Um olhar sobre da segunda metade da literatura do século XIX do alunos do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora

Curiosidades sobre Cruz e Sousa

Por Fernanda

  1. João da Cruz e Sousa, o precursor do simbolismo no Brasil, era também chamado de o Poeta Negro.

  2. Faleceu a 19 de março de 1898 no município mineiro de Antônio Carlos, num povoado chamado Estação do Sítio, para onde fora transportado às pressas vencido pela tuberculose. Permaneceu sepultado no Cemitério de São até 2007, quando seus
    restos mortais foram então acolhidos no Museu Histórico de Santa Catarina – Palácio Cruz e Sousa, no centro de Florianópolis.

  3. A relação entre tuberculose e literatura é antiga. Aqui vão outros grandes poetas brasileiros que também morrem com a doença: Castro Alves, Álvares de Azevedo, Casimiro de Abreu, Augusto dos Anjos, Manuel Bandeira, etc.

  4. Cruz e Sousa é um dos patronos da Academia Catarinense de Letras, representando a cadeira número 15.

  5. Homenagens: Há no município de Florianópolis, onde ele nasceu, uma casa antiga ao lado da praça XV de Novembro, chamada de palácio Cruz e Sousa, onde encontram-se seus restos mortais. Além disso, vários municípios o homenageiam usando seu nome para nomear ruas e avenidas.

     

Anúncios

Navegação de Post Único

Uma opinião sobre “Curiosidades sobre Cruz e Sousa

  1. Cruz e Souza era apelidado de “Cisne Negro” e “Dante Negro” devido a cor de sua pele. Muitos dizem que sua obsessão pela cor branca é devido ao preconceito que sofria por ser negro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: