Revista Literária CNSA

Um olhar sobre da segunda metade da literatura do século XIX do alunos do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora

Contexto histórico de Augusto dos Anjos

Jacqueline Maria Azevedo Guarlotti

Serie: 2º Turma: ‘A’

 

No ano de seu nascimento (1884) ocorreram os seguintes fatos históricos:

  • Federação  Espírita: Idealizado por Elias da Silva,  juntando –se a vários membros do espiritismo, fundou- se em 1 de janeiro a Federação Espírita Brasileira, assim portanto completando 128 anos até os dias atuais.

  • Abolição da Escravatura no Estado do Ceará: O fim da escravidão  no estado veio no dia 25 de março, 4 anos antes da Lei Áurea, uma das curiosidades é que o Ceará foi o primeiro estado a abolir a escravidão, fato que lhe deu o nome de “ Terra da luz”. Um cearense chamado José do Nascimento se destacou na época por se recusar a transportar escravos em sua canoa, por este motivo ficou conhecido como Dragão do Mar.

  • Abolição da escravatura no Amazonas: Amazonas foi pioneira nesta ação juntamente com o Ceará. A libertação dos escravos ocorreu no governo de Theodoreto Souto, um dos defensores da abolição foi José Paranaguá, que na época era Presidente da Sociedade Libertadora. A partir do dia 24 de maio Amazonas já lutava pela abolição, mas isso só foi concretizado no dia 10 de julho.

  • Primeira Igreja Batista do RJ: A Igreja foi a terceira a se instalar no Brasil, pois já existia no estado de São Paulo e outra em Salvador, foi fundada pelo missionário William Buck no dia 24 de agosto.

  • Estádio Anfield: Foi inaugurado em 28 de agosto, a obra do estádio foi para substituir o antigo, Stanley Park, localiza-se em Liverpool na Inglaterra, atualmente é a casa do time de futebol Liverpool FC, tem capacidade para 45,362 torcedores, é considerado como um dos melhores estádios do mundo, com 4 estrelas pela UEFA.

Augusto dos Anjos  faleceu no dia 14 de novembro de 1914, o poeta sofria de asma desde pequeno, e se agravou até a fase adulta, e por conta disso a causa de sua morte foi a pneumonia. Augusto dos Anjos morreu aos 30 anos, deixando sua esposa Ester Fialho como viúva. No ano de sua morte aconteceram vários fatos, que marcaram a história até os dias atuais.

  • Primeira Guerra Mundial: O conflito inicia-se em 1914, confrontam – se dois  grupos: a Tríplice Aliança, liderada pela Alemanha, e a Tríplice Entente, organizada pela frança, que vence a guerra, esse confronto estendem –se as principais potências da Europa e ao mundo inteiro, as principais causas são: Investimento de capital no estrangeiro e o domínio econômico de um país sobre o outro, a guerra trouxe como conseqüência a morte de mais de 8 milhões de soldados e 6,5 milhões de civis, com duração de 4 anos, assim portanto dando ao fim no ano de 1918.
  • Trégua de Natal: Ocorrido na Frente Longo no natal de 1914 no mesmo ano da primeira guerra mundial, soldados britânicos e alemães trocaram presentes e saudações uma semana antes do natal, reduzindo a tensão na guerra.

  • Presidência da República: Foi eleito pela política do café com leite, e logo chegando no poder combateu a a guerra do Contestado, o seu governo passou pelo período da guerra mundial, a guerra trouxe muitos problemas econômicos para o Brasil. Mas também trouxe bons frutos pra o setor industrial.

Augusto dos Anjos escreveu alguns poemas que relacionavam com o momento que vivia como a guerra, um deles é o Triste Regresso, que conta a história de um soldado que foi convocado a guerra em troca teve que deixar sua amada para atrás, e quando volta, ela está morta.

Triste regresso  

Uma vez um poeta, um tresloucado,
Apaixonou-se d’uma virgem bela;
Vivia alegre o vate apaixonado,
Louco vivia, enamorado dela.

Mas a Pátria chamou-o. Era o soldado,
E tinha que deixar p’ra sempre aquela
Meiga visão, olímpica e singela!
E partiu, coração amargurado.

Dos canhões ao ribombo e das metralhas,
Altivo lutador, venceu batalhas,
Juncou-lhe a fronte aurifulgente estrela,

E voltou, mas a fronte aureolada,
Ao chegar, pendeu triste e desmaiada,
No sepulcro da loura virgem bela.

Anúncios

Navegação de Post Único

25 opiniões sobre “Contexto histórico de Augusto dos Anjos

  1. Rafaela Costa em disse:

    Algo muito interessante sobre este autor, é que ele possuia uma profunda obserção pela morte ce para isso ele teve como base a negçaõ da vida material. isso chegou a tanto que ele chegou a ser conhecido como poeta da morte. Ele faleceu em 1914, mesmo ano que começou a primeiro guerra mundial, no entanto, se observamos com ateção, muito tempo antes ele já falava em seus poemas as consequencias da guerra.

  2. Augusto dos Anjos foi um poeta único, que se encaixou no pré-moderismo por conta da sua linguagem e do tempo cronológico. Conhecido como poeta das nojeiras, pois em suas obras não poupava palavras para descrever suas ideias. No poema descrito acima ele conta a história de um jovem que vai à guerra e perde a amada, se relacionando assim com o contexto histórico vivido por ele (Guerras Mundiais).

  3. Augusto dos Anjos sempre depressivo , mas sempre escrevendo poemas maravilhosos. Parabéns Jacque!

  4. Foi ótimo saber que tantos fatos históricos aconteceram durante a vida de Augusto dos Anjos, ficar sabendo disso tudo aprimora meu conhecimento e faz com que eu não esqueça a época em que esse autor viveu.

  5. O aspecto melancólico da sua poesia, que o marca profundamente, é interpretado de diversas maneiras e é apresentado aspectos da poesia moderna.Podemos perceber isso em seu vocabulário!

  6. Ítalo Sargentini em disse:

    Apesar da vida conturbada, Augusto dos Anjos é um poeta único em nossa literatura. Considerado pré-moderno, mas também sem ter somente características simbolistas ou parnasianas, sendo um poeta de transição.

  7. Apesar de sua vida sofrida,Augusto dos Anjos foi um grande autor que mostrou o que sentia sobre sua vida,em poemas que eram triste e as vezes dificeis de se entender,mas que bate com a vida real.

  8. Gostei muito do seu trabalho,me fez compreender o que aconteceu na vida de Augusto dos Anjos,fatos históricos como a primeira guerra mundial,uma característica dele é que ele fazia parte do parnasianismo e do simbolismo.

  9. adorei saber que Augusto dos Anjos escreveu alguns poemas que relacionavam com o momento que vivia como a guerra, um deles é o Triste Regresso, que conta a história de um soldado que foi convocado a guerra em troca teve que deixar sua amada para atrás, e quando volta, ela está morta.

  10. Daniela Baptista Frazao em disse:

    Valeu a pena ler o artigo,uma vez que o contexto histórico de cada autor não é estudado com tanta frequência em sala de aula.De fato,a época que Augusto dos Anjos viveu foi de extrema importância para suas obras,que são marcadas por tristeza e melancolia.Vale ressaltar que através do trabalho,podemos ter acesso à curiosidades .A que mais me chamou atenção foi que o Amazonas foi pioneiro na ação de libertação dos escravos, juntamente com o Ceará e que partir do dia 24 de maio, Amazonas já lutava pela abolição, mas isso só foi concretizado no dia 10 de julho.

  11. anne Benarrós em disse:

    ótimo trabalho

  12. anne Benarrós em disse:

    gostei muito da relação da historia com esse poeta

  13. Victoria Paiva em disse:

    vele realmente apena saber mas sobre Augusto Dos Anjos ele é um poetista muito dramático por conta da sua vida ser bem difícil e problemática mais ele é um ótimo poeta suas poesias valem realmente apena serem lidas

  14. Augusto dos Anjos famoso por ser conhecido como poeta do escarro,identificado muitas vezes como simbolista ou parnasiano.Sua poesia é a soma de todos os “ismos”, era um poeta de transição.Em alguns seus poemas ele escrevia o momento que vivia como a guerra,um exemplo disso é o “Triste Regresso”.

  15. jacque Guarlotti em disse:

    Augusto dos anjos tinha uma vida complicada, ou ele fazia ficar complicada, com seu jeito de desprezar a vida, mesmo com isso, Augusto era considerado Pré- moderno. Neste trabalho tive o prazer de conhecer a vida deste grande poeta, e os fatos historicos que aconteceram deste a seu nascimento até a morte, podendo então explorar ainda mas a história do Brasil e do
    mundo.

  16. Maria Gabriela em disse:

    Saber um p0uco deste tão importante e polêmico autor pré-moderno é fundamental e entender seu contexto histórico facilita a compreensão de seus poemas que tinham como característica principal a morte e eram metricamente perfeitos.

  17. Augusto dos Anjos, foi um poeta encantador, que relatava nas suas obras o que acontecia na época na sociedade em que vivia, escrevendo sempre de modo simbolista ou parnasianista. Poeta inesquecível.

  18. Eu gostei do poema de Augusto dos Anjos , entendi que o eu-lirico não poderia ficar com sua amada

  19. Augusto dos Anjos além de ser um dos grandes poetas pre-modernista ele deixou sua contribuição em alguns fatos históricos como sua ajuda na abolição da escravidão em alguns estados brasileiros.

  20. Antônio Matheus da Silva Miranda em disse:

    O Augusto dos Anjos era pré-moderno e durante sua vida teve muitos sofrimentos com problemas de saúde e por conta disso vivia triste e desprezava a vida e suas primeiras palavras ele conheceu com seu pai bacharel.

  21. Augusto Carvalho Rodrigues dos Anjos, se formou em Direito e se bacharelou em 1907, mas não quis seguir careira jurídica então foi lecionar Literatura Brasileira, foi um grande poeta porém só conseguiu publicar um livro em 1912 ”Eu” com a ajuda de seu irmão. Foi muito criticado pois não fazia só poemas simbolista e parnasianista como os poetas de sua época, ele também fazia poemas pré modernista.

  22. O poeta aspira à morte e à anulação de sua pessoa, reduzindo a vida a combinações de elementos químicos, físicos e biológicos (“Eu, filho do carbono e do amoníaco,”). Tal materialismo o tornava amargo e pessimista (“Tome, doutor, essa tesoura e corte/ Minha singularíssima pessoa”). Tem em seus poemas, a amostra para o prazer e um desejo de conhecer outros mundos, onde a força dos instintos não cerceie os vôos da alma.

  23. Poeta brasileiro, famoso pela originalidade temática e vocabular, na fase que antecedeu o modernismo.Contexto histórico de Augusto dos Anjos: Primeira Guerra Mundial, Trégua de Natal e Presidência da República.

  24. Augusto dos Anjos foi um dois maiores poetas já conhecidos, considerado um pré-moderno pela sua linguagem, foi alvo de grandes criticas por estar a frente de seu tempo, desde seu nascimento ate a sua morte ocorreram vários fatos históricos que marcaram na época, desde a abolição da escravatura até a presidência de Venceslau.
    conhecido como o peta dos mortos, Augusto dos Anjos deixou sua marca ao escrever poemas sobre a morte, abordando sempre o cientificismo, que era sua paixão

  25. Ana Flávia em disse:

    Augusto dos Anjos é um poeta único em nossa literatura. Sua obra é a soma de todas as tendências (ou de todos os ismos, como se costuma dizer) da segunda metade do século XIX e do início do século XX. Curiosamente, sua obra apresenta traços do Expressionismo alemão sem que, no entanto, ele tenha conhecido a teoria dessa tendência de vanguarda.

    Saiba Mais no GrupoEscolar.com: http://www.grupoescolar.com/pesquisa/augusto-dos-anjos.html

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: