Revista Literária CNSA

Um olhar sobre da segunda metade da literatura do século XIX do alunos do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora

Leitura de As Pombas de Raimundo Correia

AS POMBAS

Aluna: Giulia Antonaccio

Série: 2° ano A

Vai-se a primeira pomba despertada…
Vai-se outra mais… mais outra… enfim dezenas
De pombas vão-se dos pombais, apenas
Raia sanguínea e fresca a madrugada…

E à tarde, quando a rígida nortada
Sopra, aos pombais de novo elas, serenas,
Ruflando as asas, sacudindo as penas,
Voltam todas em bando e em revoada…

Também dos corações onde abotoam,
Os sonhos, um por um, céleres voam,
Como voam as pombas dos pombais;

No azul da adolescência as asas soltam,
Fogem… Mas aos pombais as pombas voltam,
E eles aos corações não voltam mais…

CARACTERÍSTICAS DE TEMAS:

  • Foco principal – natureza
  • Força lírica – “Raia sanguínea e fresca a madrugada”
  • Descrição objetiva – fenômeno natural
  • Arte pela arte – poesia composta como fim em si mesma

CARACTERÍSTICAS ESTÉTICAS:

  • Culto à forma ( rima rica, com palavras de classe gramaticais diferentes. Exemplo

1º estrofe: Despertada à adjetivo

Dezenas à numeral

Apenasà preposição

Madrugadaà substantivo

  • Correção gramatical, uso de palavras raras, inversão frasal. Exemplos:

Palavras raras:

Nortadaà vento frio

Ruflandoà agitando as asas para voar

Céleresà velozes

Inversão frasal:

“Mas aos pombais as pombas voltam…”

“Mas as pombas voltam aos pombais…”

“E eles (os sonhos) aos corações não voltam mais…”

“E eles não voltam mais aos corações…”

  • Predileção pelo soneto, abandono dos versos brancos:

Soneto – 4 estrofes: 2 quartetos – 4 versos, 2 tercetos – 3 versos ( Há rima).

Versos decassílabos – com 10 sílabas poéticas

  • Repúdio ao hiato, encontro de duas ou mais vogais no fim de uma frase e início de outra. Exemplo:

Vol / tam / to  / das / em / ban / d O E Em / re / vo / a / da à 8º verso

  • Sonetos terminados com “ chave de ouro”, verso com um final bem escrito, procurando condensar uma ideia e arrematando o poema com um belo efeito. Exemplo:

“ E eles aos corações não voltam mais…” à último verso

INTERPRETAÇÃO DO POEMA

Raimundo Corrêa escreve esse poema e tem como base elementos ligados, a natureza, a juventude, e até mesmo a própria liberdade dentre outros. Ao falar sobre essa passagem: “ No azul da adolescência as asas soltam,

Fogem… Mas aos pombais as pombas voltam,

E eles aos corações não voltam mais…”

O eu-lírico faz a alusão aos sonhos dos adolescentes, que também voam, mas ao contrário das pombas que retornam todos os dias aos pombais, os sonhos não voltam, quando o jovem cresce e vai descobrindo as realidades da vida, e por conta disso muitas vezes não se há mais nem se quer tempo de sonhar ou concretizar os sonhos, por isso ele diz “ aos corações não voltam mais”.

Na primeira estrofe o autor se refere do auge da vida adolescente, onde se há tempo para os sonhos. Na segunda já está se referindo à uma idade mais madura. E nos tercetos o poeta deixa claro o passar dos anos.Entende-seno poema que o pombal são as pessoas,adolescentes em especial e as pombas os sonhos destes jovens. O coração no caso representa as coisas boas, as paixões, os desejos, os sonhos, e o autor demonstra que isso fica para trás. A movimentação é constante, percebe-se que as pombas vão e vem, e isto indica que existem vários sentimentos, pois a juventude é uma época de descobertas novas e muito senso para as novas escolhas.

Os poemas de Raimundo Correia podem confundir um pouco com os poemas simbolistas, por algumas características parecem as mesmas mas não são, por exemplo como os parnasianos não apresentam religiosidade a figura da pomba apesar de ser considerada um animal santo como símbolo da paz não está relacionada nesse contexto. Os parnasianos têm características próprias como a perfeição em seus versos, tendo gosto pelo soneto, versos decassílabos e rimas ricas, uso de palavras rebuscadas: “E à tarde, quando a rígida nortada…”  e principalmente o modo como faziam a arte pela arte.

Anúncios

Navegação de Post Único

7 opiniões sobre “Leitura de As Pombas de Raimundo Correia

  1. Rafaela Costa em disse:

    Vale ressaltar também que Raimundo Correia, além de possuir uma exautação a natureza, também possuia uma profunda desilusão e pessimismo em suas poesias, isso chegava a tanto que dava um ar filosofico e sombrio as suas escrituras

  2. Tayline Monteiro em disse:

    Raimundo Correia, poeta de características parnasianas, procurava sempre a métrica perfeita para seus, com base em elementos ligados a natureza, a juventude e a liberdade, fazendo sempre a arte pela arte com muito amor ao que fazia
    “Vai-se a primeira pomba despertada…
    Vai-se outra mais… mais outra… enfim dezenas”

  3. Raimundo Correia foi um juiz e poeta parnasiano, seus poemas estavam concentrados na exaltação das formas estruturais, na contemplação da natureza, na perfeição dos objetos, na métrica rígida comprovadas em seu famoso poema”As Pombas”.

  4. Daniela Baptista Frazao em disse:

    O trabalho está ótimo.Todas a informações sobre as estrutura do poema estão presentes na análise,conteúdos que eu desconhecia.Alem disso,o significado dos versos foi muito bem analisado,comparando a obra com a juventude.Vale a pena ler o artigo.

  5. Poeta parnasiano, Raimundo Correia possuia a perfeição como característica em seus poemas, como rimas ricas, palavras raras, e a estrutura de soneto. Em o poema as pombas ele relaciona os sonhos dos adolescentes com as pombas.

  6. Esta visão pessimista do mundo que deu às obras de Raimundo Correia um certyo tom filosófico. Suas obras possuiam sempre: Exaltação a natureza, perfeição formal, cultura clássica, pessemismo e desilusão.

  7. jacque Guarlotti em disse:

    Poemas de Raimundo Correa são arte pela arte, mas as vezes as características do poeta se confundi com o simbolismo que retrata a pomba como simbolo da religiosidade, o parnasiano tem como características próprias como a perfeição em seus versos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: